sábado, 16 de agosto de 2008

Press Release

"Toni Carreira acusado de plagiar mexicano."

São notícias destas que abalam a estrutura mental de um ser humano! Quando todas as dúvidas estavam resolvidas e todas as questões respondidas, eis que surge um novo paradigma: afinal esse ser único, de tão improvável parecença com qualquer cometa da cena musical pimba - vá lá, ligeira - que é Toni Carreira, tem semelhanças com um mexicano ao ponto de plagiá-lo?!

A empatia deixa-nos em estado de auto-desculpabilização perante determinado resultado; pensava que o povo português sofria sozinho a provação de ter nas suas hostes musicais uma figura incomparável como esta e afinal o povo mexicano surge em nosso auxílio em idêntica situação para que tenhamos quem nos compreenda.

Se o Toni continua a cantar como nos habituou ainda teremos em Portugal daquelas procissões em que se recria com pregos a sério e sangue verdadeiro, a cruxificação de Cristo! Agora compreendo a penitência: pedem desculpa e tentam redimir-se por terem criado e apoiado um cantor do calibre de Rudy Perez, o (in)feliz plagiado.

Um comentário:

xana disse...

depois de ti, Toni,...mais nada. Mas nos tamos contigo! Mas tem cuidado com os plagios. Que não atinjam o noddy e as galinhas mais a rosa que arredonda a saia, porque aí depois vem a machadinha e o pau do gato, e a coisa piora.