quinta-feira, 15 de maio de 2008

Press Release

"Sócrates e Pinho apanhados a fumar."

Sócrates pediu desculpa por ter fumado dentro de um avião. Disse que não sabia que não podia fazê-lo e que é prática corrente em voos oficiais. Afirmou que irá deixar de fumar (o que sinceramente deixa-nos a todos mais descansados).

A vigorar desde 1 de Janeiro (dia em que a ASAE começou a fiscalizar os fumadores incumpridores e o seu Inspector- Geral foi apanhado a fumar), compreende-se que Sócrates ainda não saiba das leis que o seu próprio governo elabora e aprova? Devem ser os muitos dossiers que tem em mãos!

Então quando se voa oficialmente quem não fuma não merece respeito e uma atmosfera limpa de tabaco? Haverá entre a comitiva gente sem os mesmos direitos dos outros cidadãos? A velha história dos filhos e dos enteados...

O desconhecimento da lei não isenta ninguém de responsabilidade. Experimentem dizer a um GNR-BT que não viram o sinal de limite de velocidade e verão como tenho razão! Como ninguém deve estar acima da lei, o Senhor Primeiro Ministro (e o seu companheiro de fumo, Manuel Pinho, Ministro da Economia) deverão ser multados pela ASAE, organismo criado para perseguir e penalizar estes e outros prevaricadores.

Pedir desculpa? Então reclamo o mesmo direito de não cumprir desde que me retrate depois! Peço desculpa à polícia Municipal por pelas duas multas de estacionamento que não paguei; peço desculpa à Direcção Geral de Contribuições e Impostos pelos rendimentos que não declarei... mas desde já afirmo que não voltarei a fazê-lo! Juro!

Um conselho: se forem ao "Lidl" e precisarem mesmo de um creme de rosto e não tiverem dinheiro para pagar os quase três Euros que ele custa, não se esqueçam de se desculparem ao segurança por furtá-lo. É que assim não irão parar a tribunal como aconteceu com a sexagenária mal-educada, que se esqueceu de o fazer e se sentou no banco dos réus por esse motivo!

Como vêem com educação, pedidos de desculpa e promessas de futuro não há problema que não se resolva!

4 comentários:

Márcio Branco disse...

Desta classe politica já nada me surpreende. É que todos os dias acontece mais e sinceramente o descalabro é total. Sendo um dos defensores da democracia e do sistema eleitoral por sufrágio universal penso que estamos num período histórico em que como noutras civilizações o sistema vigente chegou ao seu limite, na antiga Roma a cidade foi apelidada de "Grande Puta" devido ao exagero, luxuria, despesa incontrolável, etc e na grécia antiga também o sistema caiu devido aos abusos similares. Verifica-se no nosso país um estado de corrupção, tráfico de influências, desobediência e impunidade total de uma classe que se tem vindo a governar para si e a enriquecer a si e aos seus de uma forma que neste momento já se pode dizer que é criminoso, o desrespeito pelas Leis da sociedade não se aplicam as estes senhores, não vão a tribunal, não podem ser julgados devido à imunidade, reformas luxuosas, etc.
Para mim a solução não está como no tempo de Nero, que viu a cidade de Roma arder mas talvez uma limpeza total nos detentores de cargos públicos fosse uma ideia que me conseguiria fazer sonhar e dormir melhor.....

João JR disse...

A politica de facto é a pior falsidade que há...e Portugal tem demagogos de alto nível!
Beijinhos. Excelente o teu post

xana disse...

Márcio isso é tudo veneno ou é o quê pá? Olha que ainda te auto-intoxicas...

Márcio Branco disse...

Nem é veneno nem estou ainda contagiado mas penso que o meu pensamento transcrito no post não está nada longe do que realmente se passa. Acho eu!!!