quarta-feira, 2 de abril de 2008

Vão-se os melhores

é com muita tristeza que vemos mais um grande líder preparar-se para abandonar o poder. Políticos assim serão sempre uma dádiva!

Depois de ter conseguido, contra todas as previsões, uma taxa de desemprego de 80% e uma inflação de 150.000%, criando assim milhões de milionários (há notas de 10 milhões e um pão custa 15 milhões), deixa a liderança do país sem se importar que seja a oposição a colher os louros de tamanho desenvolvimento.

Ao longo de 28 anos de muita dedicação e esforço não se lhe poderia apontar o dedo acusador, se com as suas economias comprasse uma casita no sul da Europa para, merecidamente, gozar as águas plácidas do Mediterrâneo. Parabéns Robert Mugabe!

3 comentários:

Queen Frog disse...

:)
E a q ironia nos salve.

Márcio Branco disse...

Olha que por cá já começa a cheirar a país do terceiro mundo....

xanata disse...

xD
ha gente que tem poder em maos.. consegue coisas inexplicaveis, salvando o pais e claro..