quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Há um país...

...em que quando chove, alguns jovens ganham dinheiro a transportar gente às costas! Não querendo molhar-se, trabalhadores apressados a caminho do emprego solicitam os serviços de carregadores que os transportem através das ruas inundadas.

Um comentário:

Márcio Branco disse...

Existem aspectos da construção das ruas/estradas que como não sou engenheiro não sei, mas como leigo questiono-me e aqui vai:
Porque razão é que fazem uma via totalmente nova, com alcatrão e tudo bem pavimentado e depois de estar pronta começam a esburacar a mesma para colocar à vista as tampas do saneamento e ainda por cima não as conseguem nivelar com a estrada. Ou ficam as tampas para cima ou ficam para baixo, nunca existe uma nivelação total. Será que é tão dificil de nivelar o raio das tampas?? Será preciso uma formação superior em nivelação de tampas para que os veiculos que circulam nas estradas deixem de ter as suspensões avariadas???
Outra questão é a da acumulação da água. As estradas ficam totalmente inundadas e quem vai no passeio é o mesmo que estar na Isla Mágica em Sevilha, cada carro que passa cada molhadela!!!!As estradas são projectadas por quem??? Pelo meu vizinho do 5º andar???? Épá, é que de facto é uma vergonha o que se verifica diariamente nas ruas e estradas portuguesas.
Esses jovens que fazem esse serviço vão rapidamente ter muitos clientes porque em portugal as ruas são feitas para mergulhadores e nã transeuntes.